Aconteceu!

Policiais militares apreendem armas de fogo, embarcação e munições utilizadas por`piratas de rio’, em Coari


Policiais militares do 5° Batalhão de Polícia Militar do município de Coari (a 363 km de Manaus) apreenderam, por volta das 17h30 dessa sexta-feira (17/07), durante ação da Operação Hórus, materiais suspeitos de pertencer a um grupo de `piratas de rio’,  como embarcação, munições, armas de fogo, entre outros, além de deterem uma mulher em uma casa, localizada na comunidade Lauro Sodré, zona rural de Coari. 
Segundo os policiais, a equipe chegou até o local após denúncias anônimas, por parte de comunitários, de que três moradores da região, que se autoproclamam donos da comunidade, junto a mais sete pessoas residentes na sede do município, costumam realizar assaltos em embarcações que navegam no Rio Solimões, mais especificamente entre a região das comunidade Muritiba, na cidade de Codajás, e a Lauro Sodré, local onde foi morta a esportista britânica Emma Kelty, em 2017.


Ao chegarem no endereço especificado na denúncia, os policiais abordaram a mulher grávida de três meses. A mesma permitiu a entrada da equipe que passou a vasculhar a casa, propriedade de seu noivo, um dos chefes do grupo que se encontrava ausente.

Os policiais encontraram no local um bote de alumínio de 5 metros, equipado com motor de popa Yamaha de 40 HP; 11 trouxinhas de supostamente maconha tipo skank; R$188,00 em espécie; uma arma de fogo tipo pistola, calibre 9.40mm; 32 munições de 40 mm intactas; 18 munições ponta-ôca calibre 38 intactas; oito munições calibre 25 distribuídas em dois carregadores;  24 cartuchos calibre 12 intactos; quatro cartuchos calibre 20 intactos; três cartuchos calibre 16 intactos; quatro aparelhos celulares; uma tv de 40 polegadas; três tanques de combustível; um motor-gerador de luz; um par de binóculos; uma caixa de som; duas botijas de gás; 2 toucas pretas; uma balaclava e vários uniformes camuflados.

Diante das evidências, a mulher recebeu voz de prisão e foi conduzida, junto com os materiais apreendidos, para o 10° Distrito Integrado de Polícia (DIP) de Coari para os procedimentos cabíveis. 

Fotos: Divulgação/PMAM

Nenhum comentário