Aconteceu!

Sejusc lança programação, nas redes sociais, em alusão aos 30 anos do ECA

Semaneca’ terá live transmitida no Facebook, nesta quinta-feira (30). Na sexta (31), a secretaria apresenta o programa #Conectado

Seguindo as atividades em alusão aos 30 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), realiza, nesta semana, a “Semaneca”. A programação inclui uma live nesta quarta-feira (30/07) e o lançamento do programa #Conectados no dia 31 de julho (sexta-feira), na TV Sejusc Digital, voltado para a ressocialização de jovens que cumprem medidas socioeducativas.

A live será transmitida pelo Facebook da Sejusc (https://www.facebook.com/redesejusc/) por meio do Centro de Mídias da Seduc, a partir das 9h. Participarão da videoconferência a secretária executiva de Direitos da Criança e do Adolescente da Sejusc, Edmara Castro, e o juiz da Vara de Execução de Medidas Socioeducativas do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), Luís Cláudio Chaves. O tema a ser abordado será “A importância da Educação no processo de ressocialização do adolescente”.

No dia 31 de julho, a Sejusc lança, nas redes sociais, o programa #Conectados dentro da programação da TV Sejusc Digital, voltado para os adolescentes egressos, ou seja, aqueles que cumpriram as medidas socioeducativas e voltaram para o convívio da sociedade. O objetivo do projeto é dar oportunidade a este jovem na área profissional por meio de cursos e acompanhamento familiar.

O secretário William Abreu, titular da Sejusc, afirmou que a “Semaneca” existe desde 2015, promovendo atividades relacionadas ao tema criança e adolescente. Ele destaca a importância do evento para efetivação dos direitos dessa população. Ainda de acordo com o secretário, este ano, a ação foi elaborada com foco nas redes sociais devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

A secretária executiva de Direitos da Criança e do Adolescente da Sejusc, Edmara Castro, reforçou o valor do ECA. “É um marco muito importante. Muitas coisas, principalmente na educação e no acesso aos direitos básicos para crianças e adolescentes, vieram por causa do ECA. Precisamos acabar com aquele mito do Código de Menores, anterior ao ECA, que não tratava a criança como prioridade absoluta em razão dela ser um ser humano em evolução”.

Estatuto da Criança e do Adolescente - Criado no dia 13 de julho de 1990, o ECA completou três décadas de existência como instrumento de garantia dos direitos previstos na Constituição Federal. O Governo do Estado, por meio da Sejusc, trabalha a pauta no sistema socioeducativo, concedendo novas oportunidades aos jovens em conflito com a lei.

Atualmente, a Sejusc coordena cinco centros socioeducativos: Centros Socioeducativos Senador Raimundo Parente, Dagmar Feitosa, Semiliberdade Masculino, Centro de Internação Feminina e Unidade de Internação Provisória Masculina e Feminina.


Foto: Divulgação/Sejusc

Nenhum comentário