Últimas

Com o recebimento de novas doses, Manaus aumenta para 35,7% a população de idosos de 60 a 64 anos a ser vacinada

As 36.190 doses de vacina destinadas à capital na última remessa, feita pelo Ministério da Saúde ao Amazonas, vão garantir que a Prefeitura de Manaus imunize 35,7% dos idosos de 60 a 64 anos residentes na capital. O percentual corresponde a 24.139 pessoas do total estimado de 67.694 pessoas desta faixa residentes no município. Eles integram os grupos prioritários da etapa atual da campanha municipal de vacinação contra a Covid-19, onde também estão os idosos de 65 a 69 anos, que começaram a ser vacinados pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) na última segunda-feira, 1º/3.

 

“É mais um avanço da nossa campanha, que agora chega aos idosos de 60 anos ou mais, quando a maioria dos municípios brasileiros ainda está na faixa etária dos 80, 90 anos”, assinala o prefeito David Almeida, destacando que a Semsa segue em ritmo acelerado, para cumprir a meta de vacinar 90% de todos os grupos para os quais a vacina já foi disponibilizada pelo Ministério da Saúde. “A meta já foi alcançada para os trabalhadores da saúde e para os idosos de 80 anos ou mais, e seguimos com os postos de vacinação em plena capacidade, para atender, junto com os novos grupos, os que ainda não se vacinaram dos grupos anteriores, além dos que já estão recebendo a segunda dose”.

 

De acordo com a secretária municipal de Saúde interina, Aline Rosa Martins, as novas doses, recebidas pela Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM) na última quarta-feira, serão entregues à Divisão de Imunização da Semsa nesta sexta-feira, 5/3. Ela explica que a remessa será conferida e registrada em sistema e, a seguir, liberada para a vacinação do grupo de 60 a 64 anos, que deve ocorrer a partir da próxima semana, em data a ser confirmada.

 

Aline ressalta que o novo quantitativo é suficiente para vacinar, com as duas doses, 25,5%, ou seja, 17.234 pessoas nesta faixa etária e que será somado ao da remessa anterior, destinada a 10,2% dos idosos da mesma faixa etária (6.905). “Assim, poderemos atender a mais de 24 mil pessoas neste primeiro momento e os demais serão contemplados assim que recebermos mais vacinas, sendo possível que isto ocorra ainda no mês de março conforme previsões feitas pelo Ministério da Saúde”, diz a secretária interina.

 

Por não haver doses suficientes para a totalidade das pessoas nessa faixa etária, serão usados critérios para ordenar as prioridades de atendimento. Aline Martins informa que os critérios serão pactuados na Comissão Intergestores Bipartite (CIB), que reúne representantes do Estado e dos municípios.

 

Os idosos de 65 a 69 começaram a ser vacinados na última segunda-feira, em ordem decrescente de idade, começando com os de 69 na segunda e terminando nesta sexta, com os de 65 anos.  No sábado, serão atendidos os que se cadastraram no sistema Imuniza Manaus (imuniza.manaus.am.gov.br) com atraso e os que não puderam comparecer aos postos de vacinação durante a semana, conforme agendamento feito pelo sistema. “É possível que a Semsa abra mais dias para agendar os que ainda não foram vacinados nessa faixa etária, mas isso será avaliado apenas na sexta-feira”, observa Aline.

 

A campanha municipal de imunização contra a Covid-19 segue com a vacinação dos idosos de 65 a 69 anos e dos trabalhadores da saúde que estão aptos para a segunda dose. Também continua a atender os remanescentes dos grupos anteriores para a primeira dose, ou seja, trabalhadores da saúde e idosos de 70 anos e mais, além dos idosos acamados, que recebem a equipe de vacinadores em domicílio.

 

De acordo com informações do Vacinômetro municipal, até as 15h desta quinta-feira, 4/3, haviam sido vacinados 21.583 dos 47.564 idosos de 65 a 69 anos residentes em Manaus. O total de idosos vacinados até o mesmo horário era de 83.097, dos quais 61.386 com 70 anos ou mais.

 

— — —

 

Texto – Andréa Arruda / Semsa

Fotos – Dhyeizo Lemos / Semcom

Nenhum comentário