Últimas

Durante discussão, grávida de 7 meses é executada com tiro na cabeça

O suspeito teria colocado veneno nas plantas da mãe da vítima, que foi reclamar e acabou executada




Durante uma discussão, a jovem Elis Nayara de Oliveira Costa, 22, foi vítima de feminicídio, por Izael da Silva Amaral, que assassinou a jovem com tiro  de espingarda na cabeça.


O crime ocorreu na manhã do último domingo (25), em Quatro Bocas, Distrito do município de Tomé-Açu, região do nordeste paraense.


Segundo informações, o motivo do crime aconteceu durante uma discussão entre o acusado  e a vítima. Izael da Silva Amaral teria jogado veneno em sua terra e isso teria causado a morte das plantas da mãe de Elis Nayara de Oliveira Costa, que foi tomar satisfação e acabou levando um tiro de espingarda na cabeça e morreu. A jovem  estava grávida de sete meses.


Em seguida, o criminoso fugiu do local e se encontra foragido. O caso começou a ser investigado pela Polícia Civil de Tomé-






Com informações: amp.diarioonline

Nenhum comentário