Últimas

Jovem indígena tem garganta perfurada por pássaro e desmaia após ficar sem ar

 



Um jovem indígena teve a garganta perfurada por um pássaro do tipo ariramba-preta, parecido com o beija-flor, quando andava de motocicleta em uma estrada em Barra do Bugres, interior do Mato Grosso. Eik Júnior Monzilar Parikokoriu, de 23 anos, percorreu 9 quilômetros com o pássaro preso ao seu corpo até chegar a sua aldeia, onde recebeu atendimento médico.


Na aldeia, sentindo falta de ar, Eik chegou a desmaiar. "Deu tempo de eu chegar na minha casa. Saiu muito sangue do meu nariz, do local [pescoço]. E eu cheguei em casa desmaiado. Eu senti que meu coração estava parando de bater. Eu senti a mão quente da mãe, chorando desesperada", contou ao G1.


O incidente ocorreu no último sábado (24). A ave, de bico comprido e plumagens brilhantes, morreu.


Após os primeiros socorros prestados pela família, Eik foi levado para atendimento na Unidade Básica de Saúde (UBS) da aldeia, onde o pássaro foi retirado. Em seguida, Eik foi levado até uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). A técnica de enfermagem Elizete Ariabo Calomezore, que fez os primeiros socorros na unidade, contou que nunca tinha atendido nenhum caso parecido.


“Ele puxou o pássaro [que ainda estava na garganta] e começou a sangrar pelo pescoço e pelo nariz. Fiz a limpeza e liguei para o médico, que me passou as orientações para o atendimento. Segui as orientações dele e o encaminhei, com o pássaro, para a médica de plantão avaliar de perto lá em Barra do Bugres”, contou.






Fonte: www.oliberal.com 


Nenhum comentário