Últimas

AJUDANTE DE PEDREIRO É EXECUTADO A CAMINHO DO TRABALHO

 


Daniel Pereira da Conceição, de 38 anos, pedalava na Rodovia Transamazônica (BR-230), rumo ao trabalho, na manhã desta quinta-feira (20),  quando foi executado a tiros em Marabá.

Conforme informações da Polícia Militar, testemunhas afirmam terem visto um veículo Celta, de cor preta, de onde partiram os disparos de arma de fogo que atingiram a vítima, morta no trecho entre o Residencial Castanheira e o Motel Madri, na saída para Itupiranga 


Ainda segundo os policiais que atenderam à ocorrência, o número da placa do veículo não foi anotado e ninguém soube informar características referentes aos ocupantes do automóvel.


O sogro de Daniel, Sebastião Pereira Oliveira, esteve no local e informou ao Correio de Carajás que a vítima trabalhava há um ano no Residencial Mirante do Vale, para onde seguia quando foi assassinada.


Sebastião conta que Daniel já esteve envolvido com “coisas erradas”, mas há pelo menos quatro anos vinha trabalhando honestamente. “Ele dizia que não estava mexendo com nada errado, estava trabalhando, dizia que queria uma vida mudada”, afirma.


Sebastião conta que o genro havia mudado de vida há quatro anos

Daniel era morador do Bairro Independência, onde vivia próximo à casa do sogro. “Ele sempre tava na minha casa, almoçava, jantava, às vezes dormia. Ganhava o dinheiro dele, dava o dinheirinho para os filhos. Eu via uma mudança muito grande nele”, declarou, acrescentando não saber o que pode ter motivado o homicídio.


A Polícia Militar isolou o local do crime aguardando a chegada do Instituto Médico Legal (IML) e da Polícia Civil, que irá investigar o caso.

Nenhum comentário