Últimas

Empresa ‘leva’ aditivo de R$ 12 milhões da Seap

 AJ Refeições Ltda., que tem como sócia Zaila Omena Bonates, ganhou aditivo de R$ 12,2 milhões para fornecer refeições aos presídios por um ano. No último dia 7, a Seap, liberou empenho de R$ 1,7 milhão

Manaus – Empresa ganhou aditivo no valor global de de R$ 12,2 milhões para fornecer refeições à unidades prisionais da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) pelo período de 12 meses. No último dia 7, a gestão de Wilson Lima, por meio da Seap, liberou empenho no valor de R$ 1,7 milhão em termo aditivo com a empresa AJ Refeições Ltda. que tem como sócia Zaila Omena Bonates de Almeida.

O secretário de Segurança Pública (SSP) Louismar Bonates afirmou que a sócia não é membro de sua família e que não conhece Zaila Omena Bonates.

Desde 2020, a empresa já recebeu R$ 7,1 milhões de quatro contratos com o Estado do Amazonas. A AJ Refeições recebeu R$ 2.267.497,90 em 2021 e R$ 4.442.090,79 no ano passado.

O Termo Aditivo do Contrato Nº 006/2020-SEAP prorroga pelo prazo por 12 meses os serviços de fornecimento de cinco alimentações preparadas (café, almoço, lanche, jantar e ceia) às Unidades Prisionais da capital e interior do Estado do Amazonas não terceirizadas. O aditivo começou a vigorar em 10 de maio e tem validade até maio de 2022. O valor mensal do contrato é de R$ 1.021.810,80.

Apenas para serviço de preparação e fornecimento de café da manhã no interior do Estado a empresa receberá R$ 3,71 por cada refeição. Cada refeição de almoço custará R$ 8,48. Em relação a lanches, cada unidade sairá por R$ 3,71 e jantar, R$ 8,75. O fornecimento de ceia aos presídios do Amazonas custará R$ 3,71.

Além da Seap, a empresa AJ Refeições recebeu pagamentos, neste ano, do Serviço de Pronto Atendimento e Policlínica Dr. José de Jesus Lins de Albuquerque, Fundação Hospital Adriano Jorge e Fundo Estadual de Assistência Social.

O GRUPO DIÁRIO DE COMUNICAÇÃO (GDC) apurou que a AJ Refeições foi criada em dezembro de 2008 com capital inicial de R$ 5.050.000 e tem como atividade principal o fornecimento de alimentos preparados preponderantemente para empresas. Sediada no bairro Santa Etelvina, zona norte de Manaus, a empresa ocupa um grande espaço em meio a casas humildes ao seu redor. Chama atenção o fato da empresa não ter identificação em sua fachada.

Procurado pela reportagem, o ex-secretário da Seap e atual secretário de Segurança Pública (SSP), Louismar Bonates, afirmou, por meio de sua assessoria, que a proprietária da AJ Refeições não é membro de sua família e que não a conhece.


Fonte: D24am. Leia mais em https://d24am.com/politica/empresa-leva-aditivo-de-r-12-milhoes-da-seap/


Nenhum comentário