Últimas

'Capitão América' das estradas viajou 11 horas para se vacinar contra a Covid-19


Caminhoneiro é manauara e aproveitou o mutirão para tomar a vacina



 


 

Manaus- Ele enfrentou 11 horas de viagem entre Roraima e o Amazonas e percorreu mais de 740 quilômetros. Após a longa viagem, o caminhoneiro "Capitão América" Eryson Lacerda, manauara de 48 anos, festejou a imunização contra a Covid-19 no início da manhã desta quarta-feira (30), em Manaus.

 

O “Capitão América”, como gosta de ser chamado, é um dos mais de 20 mil imunizados no quinto mutirão Vacina Amazonas, organizado pelo Governo do Estado. A mobilização para vacinar pessoas a partir de 28 anos de idade segue até as 18h.


 

Com um veículo personalizado na temática do herói, o caminhoneiro explica que estava trabalhando nas estradas e, por isso, só agora conseguiu comparecer a um posto de vacinação. "Eu sou caminheiro e lá onde eu estava não estavam dando vacina nessa faixa etária ", disse Eryson Lacerda.

 

Com toda a família em Manaus já imunizada, Eryson era o único que faltava receber a imunização e falou da importância do mutirão. "

 

Documentação 


A população que for a um dos pontos de vacinação deve apresentar, obrigatoriamente, documento original com foto, CPF, e comprovante de residência (original e cópia).

 

Vacina Amazonas 



 O mutirão de vacinação contra a Covid-19 está na quinta edição e ocorre pela segunda vez em Manaus. A primeira edição ocorreu nos dias 12 e 13 de junho, imunizando 141 mil pessoas. Outros dois mutirões foram realizados, simultaneamente, no dia 19 de junho em Novo Airão e Manacapuru, com 8,2 mil vacinados.

 

No dia 26 de junho, Parintins foi o quarto município a receber o mutirão, vacinando mais de 5 mil pessoas.

 

FOTOS: Breno Brandão


Nenhum comentário