Últimas

Ministério Público denuncia Armando do Valle e Wilson Lima após áudios citando eleições de 2022 e CPI da Covid

 


O presidente da Cosama, Armando Silva do Valle, foi gravado durante uma reunião assediando e ameaçando funcionários em nome do governador do Amazonas, usando de seu cargo para promover a campanha eleitoral de 2022.  Nos áudios, ele cita ainda que Manaus foi cobaia na pandemia da Covid-19 e que a CPI da Covid, no Senado, deve chegar ao Amazonas.


O caso foi noticiado ao Ministério Público do Amazonas pelo deputado estadual Dermilson Carvalho das Chagas. O MPE-AM ofereceu denúncia à Justiça pelo constrangimento ilegal e improbidade administrativa, solicitando que seja encaminhada ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) devido o envolvimento do governador nas práticas.


O MPE-AM encaminhou, ainda, a denúncia ao Ministério Público do Trabalho, e à Coordenadoria das Promotorias de Defesa do Patrimônio Público e Coordenadoria Eleitoral, devido às eventuais repercussões nas searas administrativas (improbidade) e eleitoral. 


Áudios -  Na gravação, Armando aparece em uma reunião pressionando os seus subordinados a beneficiarem Wilson Lima na tentativa de reeleição em 2022:  “Vocês são do governo. E nós vamos pra uma eleição sangrenta em 2022. E quem achar que não faz parte do governo pode pedir a conta e saia. Porque se vocês tão aqui é porque o governador Wilson Lima ganhou a eleição.”, diz ele. “(...) o governador Wilson Lima, ele é o dono da p*** toda. Nunca esqueçam disso. Eu sou um mero representante dele  Mas o dono do governo é o governador Wilson Lima. E ele vai pra uma reeleição.”, afirma.


“E vocês têm que apoiar. Vocês têm que curtir, vocês tem que seguir na página do Facebook e do Instagram. A maioria da Cosama não faz isso, mas segue lá BBB, segue o pessoal da Globo, segue o Boninho. ‘Não sei o que porque o cara foi pro ‘Paredão’ [do Big Brother Brasil], ‘o cara foi injustiçado’… E aí? O dono da p***  toda, nada? A gente precisa defender ele, a gente precisa entender que fazemos parte do governo dele e a gente acredita ele.", diz.


Em seguida, ele dispara: “Se o Wilson perde a eleição, todos vocês estão demitidos. Não tenham duvida disso. Quem vai chegar não vai dar chance pra gente crescer, vão passar o trator aqui. Eu não passei o trator [demissão em massa] na Cosama da minha cabeça, não.".


Do Valle menciona um manual de como os funcionários devem se comportar nas redes sociais. Algumas das regras são: seguir todas as redes sociais do governo e do governador Wilson Lima, interagir com suas postagens; não entrar em polêmicas ou comentar e se posicionar sobre questões políticas e religiosas; e não publicar fotos que deem a entender que o funcionário está de férias, quando não está. “Fui chamado atenção ontem que os colegas viajaram no avião do governo com o crachá da Cosama e postou foto no Instagram. C******. Pra vocês que são irresponsáveis. Porque eu já tinha falado isso antes, não faça, não publique, não precisa dizer onde vocês tão. O c***** isso, e eu fui chamado atenção por isso?”, se exalta.


Infelizmente vocês não entendem que a rede social acaba com a pessoa. Cada vez que um colega faz isso quem pega é o governador, porra! Vocês tão se lixando. Vocês postam foto de jetski, na porra do flutuante. Vocês são pessoas públicas”, disse.  Ele ainda falou sobre a demissão de funcionários que “curtam” nas redes sociais alguns rivais políticos: “Eu já vi gente demitida por uma curtida dum vagabundo [adversário] desse”.


Em outro momento, do Valle relata uma cobrança de Wilson Lima: "'Quem não me segue, não merece trabalhar comigo, disse Armando. Quem não defende o governo, não tem porque tá dentro do governo.' E muitos de vocês criticam a gente, criticam o governo, acham que o Wilson é ladrão. (...)".


E cita a CPI da Covid, que deve chegar ao governo do Estado: "Talvez a CPI do Senado, que quer pegar o Bolsonaro, vai cair aqui. Então nós vamos pegar momentos críticos. Mas quem é que fala que nós estamos passando na pandemia antes deles. Nós fomos cobaias, pô.".

i




Fonte: portaldoholanda

Nenhum comentário