Últimas

Dono da Funerária Canaã que atirou em sócia em Manaus é PM da reserva

Um policial militar da reserva, é suspeito de atirar em Patrick Ferreira e em Jurema Franciele Martins, 34. O suspeito é dono da Funerária Canaã e uma das vítimas, Jurema, é sócia dele.



De acordo com a polícia, na noite dessa segunda-feira (19), os dois tiveram um desentendimento no local e o PM acabou atirando nela e no funcionário.

Ambos estão internados, a polícia apura a motivação do crime, mas o que se sabe até o momento é que a disputa judicial por um carro pode ter motivado o ataque. 

O filho do coronel conversou rapidamente com a imprensa e disse que o pai reagiu ao que achava ser uma tentativa de assalto, já que um carro preto estava parado no local desde o fim da tarde e seus ocupantes ao serem confrontados pelo coronel, teriam sacado uma arma para ele que reagiu e deu início ao tiroteio.

Jurema e Patrick teriam sido atingidos durante a troca de tiros.

Nenhum comentário