Últimas

Governador do Amazonas solicita empréstimo de R$ 1,5 bilhão mesmo com superávit em arrecadação

 

“Mesmo afirmando que a arrecadação do Estado do Amazonas só aumenta, o governador Wilson Lima encaminhou para a Assembleia Legislativa (Aleam) a aprovação do projeto que faz empréstimo de R$ 1,5 bilhão”, disse o deputado federal, Sidney Leite (PSD).

Recentemente, o Governo do Amazonas mandou para aprovação dos deputados estaduais, o Projeto de Lei nº 325/2021, que autoriza um empréstimo bilionário. Para o deputado federal Sidney Leite, isso é uma afronta ao Amazonas, que está tendo aumento na receita ano após ano.


Inúmeras pessoas em Manaus e no interior morreram por falta de oxigênio, enquanto o governo brincava de desviar dinheiro, como tentando comprar respirador em loja de vinho. Escândalo esse, que foi notícia no Brasil e no mundo, o qual o governador responde denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR)”, informou Leite.


Segundo o próprio Estado, a receita acumulada no primeiro semestre de 2021, teve alta de 13,21% (já com descontos de impostos), atingindo o montante de R$ 6,70 bilhões, superior ao mesmo período do ano passado que foi de R$ 5,9 bilhões. O Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) apresentou adição real de 14,40%. O Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), que em nenhum momento foi retirado ou dado desconto aos contribuintes em toda a pandemia, apresentou alta real de 7,83% e o Imposto de Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCMD) um crescimento de 86,89%.



Segundo os dados Indicadores de Desempenho do PIM, divulgados pela Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), o Polo Industrial de Manaus faturou R$ 48,21 bilhões, nos primeiros quatro meses do ano, representando aumento de 59,91%, em relação ao mesmo período do ano passado.


Para o deputado Sidney Leite, mesmo o Amazonas tendo o supeávit, “o governador é incapaz de fazer um único investimento, seja na cidade de Manaus ou no interior do estado e a população padece por falta de uma política pública na área de saúde(...) A fila da regulação da saúde, tem mais de 100 mil pessoas, no aguardo para exames, consultas e cirurgias, enquanto isso, as pessoas estão morrendo. E o governador Wilson Lima brincando de governar e desviando dinheiro público. Governador crie vergonha na cara, o povo do Amazonas não merece e não precisa disso”, indigna-se Sidney Leite.

Nenhum comentário