Últimas

Mecânico é assassinado a tiros ao abrir a porta de casa

 O mecânico Moisés Ribeiro Werner, 54, foi assassinado com quatro tiros na noite dessa sexta-feira (23), por volta das 21h30, enquanto jantava dentro de casa. O caso aconteceu na rua Londres, no bairro Gilberto Mestrinho, na zona leste de Manaus.


Segundo informações da polícia, três homens chegaram ao local em um carro, de características não identificadas, e chamaram Moisés pelo apelido. Ao abrir a porta, ele foi atingido com três no abdômen e outro no rosto. Ele morreu na hora.

Os assassinos fugiram sem serem reconhecidos. A família informou que Moisés não era envolvido com crimes e desconhece a motivação. Entretanto, a polícia descobriu no sistema de segurança pública que Moisés já tinha sido preso por receptação.

Moisés trabalhava comprando e vendendo carros usados e peças de veículos com perda total. O mesmo residia em dois endereços, sendo outra casa em um rip-rap, na comunidade Novo Reino, na zona leste.

Ainda segundo a polícia, Moisés era natural de Brusque, no estado de Santa Catarina. Ao fixar residência na capital amazonense, o mecânico ficou conhecido como “Gaúcho”, denominação as pessoas ligadas à atividade pecuária, do bioma denominado pampa, na América do Sul, e aos nascidos no estado do Rio Grande do Sul.

O corpo de Moisés deu entrada por volta das 23h40 no Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exame de necropsia. O caso foi registrado na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), onde dará seguimento nas investigações.


Nenhum comentário