Últimas

RONALDO TIRADENTES ESPALHA FAKE NEWS CONTRA PRESIDENTE DO SIMEAM

O empresário Ronaldo Tiradentes, dono da Rede de Rádio e Televisão Tiradentes, segue cometendo o crime de espalhar fake news contra o presidente do Sindicato dos Médicos do Amazonas – SIMEAM, Dr. Mario Vianna. Atitudes do comunicador, no intuito de ofender a honra do Dr. Mario Vianna, podem caracterizar um dos tipos penais dos arts. 138, 139 e 140, todos do Código Penal, cumulados com a majorante do art. 141, III, do CP.

Mesmo após decisão judicial que proíbe Tiradentes fazer qualquer menção ao nome do médico, o comunicador continua usando sua rádio pública para ofender a honra e veicular informações inverídicas contra Mario Vianna. “Você tá pensando que eu vou deixar de falar de você? Eu não vou deixar de falar de você não, Mario Vianna”, disse Tiradentes, em seu programa Manhã de Notícias do dia (14).

No programa, o apresentador voltou a confundir o público espalhando fake news. “Você ganha R$30 mil reais do estado e não trabalha” declarou, espalhando mais mentiras “e olha, a sua cooperativa leva do estado por ano, R$51 milhões”, declarou.

O empresário esconde do público a verdade que o presidente do SIMEAM não recebe 30 mil reais do estado, nem tão pouco recebe sem trabalhar. Vianna é licenciado do IML para exercer mandato sindical com remuneração, conforme previsto em lei e tendo o direito reconhecido pelo TJ-AM, STJ, STF.

Ao disseminar notícias falsas, o empresário, além de cometer crime, deixa de exercer um dos princípios básicos do jornalismo “apurar, checar a informação”. Isso acontece ao mentir que o médico sindicalista é dono de cooperativa e que recebe 51 milhões do estado. Mario Vianna é sócio do Instituto de Cirurgiões (ICEA), onde todos os membros recebem por plantão trabalhado a um preço totalmente defasado e sem atualização contratual há cerca de dez anos.

Em ação movida pelo SIMEAM, o desembargador Yedo Simões manteve decisão que condenou a Rede Tiradentes em R$30 mil, mas o magistrado Flávio Parcarelli suspendeu os efeitos da decisão em benefício de Ronaldo. O tema ainda está em discussão. Caso o TJ-AM mantenha a congruência com sua jurisprudência, Ronaldo sairá derrotado.

Nenhum comentário