Últimas

Condenado, Médico Mouhamad Moustafa tira tornozeleira eletrônica em Manaus

 Mouhamad Moustafa, condenado a 15 anos de prisão por desviar verba pública da Saúde, ganhou o direito de não fazer mais uso de tornozeleira eletrônica.

Na manhã desta terça-feira (10), o médico, principal alvo da Operação Maus Caminhos, esteve no Centro de Operações e Controle (COC/SEAP-AM), para fazer a remoção do equipamento. 

A desembargadora do TRF1, Mônica Sifuentes, que concedeu o habeaus corpus corpus de Mouhamad e a dispensa da tornozeleira, justificou a decisão afirmando que o médico já cumpriu parte da pena no regime fechado e que durante o período em que está no semiaberto (pouco mais de um ano), não apresentou nenhum problema ou conduta de risco que indique a necessidade do monitoramento eletrônico.

Moustafa foi condenado a 15 anos de prisão em 2016, por encabeçar uma organização criminosa que desviou mais de R$ 100 milhões destinados à saúde da população amazonense.

Fonte: Portal do Holanda

Nenhum comentário