Últimas

PC-AM prende jovem por roubos em Autazes e apontado como um dos líderes do tráfico de drogas em Urucará


A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da 45ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Urucará (distante 261 quilômetros de Manaus) cumpriu, na tarde de sexta-feira (27),  por volta das 14h30, mandado de prisão em razão de sentença condenatória em nome de Caio Simão Gonçalves, 24, por roubos cometidos no município de Autazes (distante 113 quilômetros da capital).

O indivíduo cumpria pena em Autazes no regime semiaberto, mas fugiu para Urucará, onde passou a liderar parte do tráfico de drogas.

Conforme o delegado Mauro Canale, titular da unidade policial, a prisão ocorreu na rua Pedro Falabella, bairro São José, em Urucará. Segundo Canele, os policiais receberam a informação de que Caio estaria liderando uma parte do tráfico no município e, além disso, havia cometido tortura em dois indivíduos naquela localidade.

“Com o avanço das diligências, conseguimos localizá-lo e notamos que ele estava em atitude suspeita. Diante disso, nós o levamos até a delegacia, onde constatamos que havia uma ordem judicial em nome do infrator. Consta no mandado que ele cumpria pena em regime semiaberto em Autazes, e deixou de cumprir as condições que lhe foram impostas”, explicou o delegado.

A autoridade policial informou que o mandado de prisão em razão de sentença condenatória foi expedido na sexta-feira (27/08), pela Comarca de Autazes. “Descobrimos que os crimes cometidos em Urucará foram praticados no primeiro semestre deste ano. As investigações acerca dos delitos seguem em andamento”, disse o delegado.

Procedimentos

Além de responder por roubo, Caio também responderá por tráfico de drogas, associação para o tráfico e tortura. Ele permanecerá custodiado na carceragem da 45ª DIP e, posteriormente, será transferido para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição da Justiça.

Nenhum comentário