Últimas

Facção executa membro que mandou matar amigas de Manaus em Paraisópolis

 O suspeito de ser o mandante do assassinato das amigas amazonenses Júlia Renata Garcia Rafael, de 26 anos, e Cláudia Cristina Pinto Menezes, de 35,  mortas em junho na comunidade de Paraisópolis, zona sul de São Paulo, foi executado pela própria facção da qual era membro, informou nesta quarta-feira (1º), o delegado Fábio Pinheiro, do DHPP (Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa).



Nenhum comentário