Últimas

Após laudo pericial, empresa demite motorista da carreta que matou mulher e enteada em Manaus

A empresa C3 Engenharia, decidiu demitir o motorista que dirigia a carreta que matou esmagadas Suzy Caldas, 37, e Maria Eduarda, 17, no bairro Japiim, no dia 27 de agosto.


A decisão veio após o laudo pericial da polícia apontar que os freios do veículo pesado estavam em perfeito estado e funcionavam normalmente no dia do acidente.


Em seu depoimento, o condutor havia dito que percebeu que a peça estava com problemas, mas decidiu informar à empresa apenas no fim do dia. Na ocasião, ele afirmou que a falha técnica teria causado a tragédia.


A perícia derrubou essa teses e mostrou ainda que a carreta trafegava em alta velocidade na ocasião do acidente. O funcionário foi desligado e segundo a empresa, toda a assistência necessária continua sendo dada à família das vítimas.


Fonte: Portal do Holanda 

Nenhum comentário