Últimas

Desodorante explode e mulher fica com 40% do corpo queimado


Uma professora de 59 anos teve cerca de 40% do corpo queimado depois que um frasco de desodorante explodiu na fazenda da família dela, em Trombas (GO), a 416 km de Goiânia.



Marlene Moreira relatou que ela e o marido estavam queimando lixo na propriedade, que não é atendida por coleta pública, quando o incidente ocorreu, no domingo (24).


Após o incidente, ela conta que a dor foi tremenda, que ficou 20 minutos embaixo do chuveiro, recorreu a aplicação de babosa e compressas antes de pegar a estrada e enfrentar uma viagem de 400 km até o Hospital de Queimaduras de Anápolis, onde segue sob observação para tratar os ferimentos de segundo grau. 


O desodorante em questão, do tipo aerossol, representa alguns riscos e demanda cuidado, do manuseio ao descarte. O conteúdo, em geral, está sob pressão e tem compostos químicos inflamáveis. Os fabricantes alertam que as embalagens não devem ser expostas ao calor e que o descarte deve ser feito com o recipiente já vazio



*Com informações UOL

Nenhum comentário