Últimas

Prefeitura promove ação de sensibilização contra o trabalho infantil


Manaus- A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc) realizou, neste sábado, 9/10, uma ação de sensibilização nos principais cruzamentos da capital contra a exploração do trabalho infantil. A programação é alusiva ao Dia das Crianças, celebrado no dia 12 de outubro.

 

Além de material informativo, participaram da ação personagens de histórias infantis, como palhaço, Emília, Mulher Maravilha, entre outros, com o objetivo de atrair ainda mais a atenção de motoristas e passageiros, levando a mensagem de combate ao trabalho infantil.

 



Nós temos o levantamento por meio do colegiado nacional de gestores da Assistência Social de que a pobreza aumentou em quatro vezes no Brasil e a cesta básica aumentou 21%. A perda do poder aquisitivo das pessoas tem demonstrado que aquelas famílias que já estavam em situação de vulnerabilidade buscam, cada vez mais, estratégias nas ruas para poder sobreviver. Então, é necessário chamarmos a atenção da população para contribuir conosco no enfrentamento da exploração do trabalho”, afirmou a secretária da Semasc, Jane Mara Moraes.



A Semasc, por meio das equipes de abordagem social, identificou, no ano passado, 33 crianças e adolescentes em situação de rua, trabalho infantil e mendicância. O número reduzido se deu pelo fato de as equipes, durante o auge da pandemia, serem deslocadas para os serviços emergências para o atendimento de população em situação de rua adultas.

 

Já em 2021, nas diversas ações realizadas pela Semasc, foram identificadas 412 crianças em situação de mendicância nas ruas de Manaus, entre janeiro e julho deste ano.

 

Além da Semasc, participaram da ação representantes das Organizações da Sociedade Civil (OSCs) O Pequeno Nazareno, Vida Alegre e Jovens do Futuro.

 

Essa iniciativa vai abrir espaço para que as nossas crianças e adolescentes que estão tendo os seus direitos violados consigam achar uma nova oportunidade de vida e de futuro. Ontem (8/10), realizamos uma campanha junto ao CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) Colônia Antônio Aleixo com 70 crianças de 15 famílias, em que falamos sobre os seus direitos, que precisam estar na escola para que tenham garantidos os seus direitos sociais, além da realização de atividades lúdicas”, afirmou João Coelho, psicólogo da OSC O Pequeno Nazareno.

 

 


Fotos - Marcely Gomes / Semcom



*Com informações assessoria 

Nenhum comentário