Últimas

Tiradentes dizem a aliados que juíza não vai deferir candidatura de Keitton e que justiça tá dominada


Coari (AM) - Vencer no voto não é mais uma opção no grupo dos Tiradentes em Coari. Keitton ampliou a diferença em relação ao segundo colocado e o objetivo agora é forçar a juíza do pleito a não deferir a candidatura.


Em rodas de conversa dos apoiadores de Robson não se fala outra coisa. “Eles tavam na mesa conversando que o judiciário está dominado. Já que não deu certo os ranchos do governador, a juíza vai receber pressão de cima para dar uma canetada para indeferir o Keitton”, disse uma fonte do núcleo do PSC que pediu para ter sua identidade preservada.


Se a manobra for confirmada, ficará clara a intenção de desrespeitar a vontade popular para atender interesses escusos. O Tribunal Regional Eleitoral prometeu total isenção, mas com um dos grupos antecipando decisões, cria um clima de suspeitas sobre o pleito.


Wilson Lima tem interesses reais de cooptar a prefeitura de Coari, já que nas pesquisas mais recentes aparece com apenas 9% das intenções de voto. O tudo ou nada está explícito, já que Coari neste momento se tornou a capital do Amazonas com toda a estrutura do Estado participando ativamente da eleição. Manaus se tornou um mero município.

Nenhum comentário