Últimas

Crueldade: mãe flagra babá sufocando o filho de cinco meses; veja vídeo


Brasil – Vídeo gravado por câmera de segurança mostra uma babá, de 18 anos, sufocando um bebê de apenas 5 meses, em apartamento localizado no Cruzeiro Novo. A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) foi acionada e prendeu a funcionária, em flagrante por maus-tratos, na segunda-feira (22/11).

Nas imagens, é possível ver a autora sentada com a criança. A funcionária levanta, coloca o pequeno no carrinho e logo retorna com o bebê para o sofá.

Em seguida, a babá pega uma manta e a pressiona contra o rosto da criança. Ela segura o tecido com as duas mãos e sufoca o bebê por cerca de 15 segundos.

A criança fica agitada, mexe as perninhas e começa a chorar. O vídeo registra a jovem colocando o bebê no colo. Minutos depois, a mãe aparece e ampara o filho.

A mãe da criança lembrou os momentos de terror vividos na própria casa. Ela conta que estava com o filho, de 5 meses, e a babá dele. Detalhou ainda que estudava em um dos quartos do apartamento, com a porta fechada, enquanto o bebê estava com a cuidadora na sala.

A mulher monitorava os dois por meio de imagens das câmeras do apartamento. Em determinado momento, a mãe flagrou, pelo vídeo, a babá sufocando a criança com um pedaço de pano. Diante da situação, correu até a sala e questionou a funcionária sobre o que estava acontecendo. A profissional respondeu que estava apenas limpando o nariz do garoto.

Assustada e sem saber o que fazer, a genitora se trancou no quarto com o filho e pediu que a funcionária fosse embora. Posteriormente, a mãe acessou novamente as imagens das câmeras para ter certeza do que teria ocorrido, tendo constatado que, realmente, a babá havia tentado sufocar o bebê, por duas vezes.

Diante da certeza do ocorrido, ela acionou a Polícia Militar, que compareceu ao local.
O outro lado

À polícia a suspeita disse que era a segunda vez que trabalhava como babá para a família. Relatou que, em determinado momento, o pequeno teria golfado, ocasião em que ela pegou um pano para, supostamente, limpá-lo.

Ela alegou que, enquanto limpava a criança, a patroa foi até a sala, pegou o bebê e seguiu para o quarto. Alguns minutos depois, a mãe voltou à sala e disse que tinha ocorrido um problema no trabalho do marido e pediu que ela fosse embora.

Acrescentou que foi para casa e, depois, policiais militares foram até lá e a informaram sobre a acusação de maus-tratos.

O bebê não apresentava sinais de agressão, mas foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) para realização de exame de corpo de delito.

Veja o vídeo:


*Com informações do Metrópoles*. 


Nenhum comentário