Últimas

Donos do Vitória deixarão prisão após STJ deferir habeas corpus



O Superior Tribunal de Justiça (STJ) concedeu habeas corpus (HC) para os proprietários do Supermercado Vitória, de Manaus, Joabson Agostinho Gomes e Jordana Azevedo Freire, presos como principais suspeitos pelo homicídio do sargento da Força Aérea Brasileira (FAB), Lucas Ramon Silva Guimarães. Depois de três tentativas frustradas da defesa do casal de empresários em conseguir a soltura dos clientes, o ministro Reynaldo Soares de Fonseca, da 5ª Turma da Corte, deferiu desta vez o quarto HC impetrado.


A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) até o momento não confirmou se Joabson e Jordana já deixaram a prisão. Conforme as investigações da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Joabson é o suposto mandante do assassinato do militar. O caso é caracterizado como um crime passional pelos indícios que a mulher do dono do Vitória teve um relacionamento extraconjugal com a vítima.


Ainda segundo a DEHS, o marido traído também descobriu que Jordana Freire desviou a quantia de R$ 200 mil do supermercado para o amante. E após sofrer ameaças, o sargento da FAB chegou a devolver o dinheiro recebido para o empresário, no dia 19 de julho. O assassinato de Lucas Guimarães ocorreu no dia 1º de setembro.





Fonte: barelandia

Nenhum comentário