Últimas

Drake gastou mais de R$ 5 mi em clube de strip após mortes no Astroworld

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Apenas um dia depois da tragédia que matou nove pessoas pisoteadas em um festival de música em Houston, Texas (EUA), o rapper Drake, 35, que esteve no evento como convidado, fez uma noite de festividades com sua equipe em um clube de strip e teria gastado em torno de US$ 1 milhão (R$ 5,4 mi).

A informação é do jornal New York Post, que cita postagens em redes sociais já deletadas. Segundo a publicação, pilhas de dinheiros apareciam espalhadas pelo chão, enquanto mulheres pegavam as notas e agradeciam ao rapper. O clube, chamado Area 29, chegou a agradecer a presença de Drake em seu perfil.

Drake, que se apresentou no festival Astroworld, demorou três dias para se manifestar sobre a tragédia. "Passei os últimos dias tentando entender esta tragédia devastadora. Meu coração está partido pelas famílias e amigos daqueles que perderam suas vidas e pelos que estão sofrendo", afirmou ele.

Ao todo, nove pessoas morreram e mais de cem ficaram feridas pisoteadas durante a apresentação. Segundo o jornal The Sun, mais de cem processos já foram abertos contra Travis Scott, que era responsável pelo festival, a promotora do evento LiveNation, e Drake, que se apresentou como convidado.

Segundo autoridades policiais, o episódio, que aconteceu no último dia 5, aconteceu após fãs começarem a empurrar uns aos outros em direção ao palco. Passados cerca de 30 minutos, a confusão aumentou e ocorreu o que o chefe-executivo da polícia de Houston, Larry Satterwhite, classificou como "incidente em massa".

O advogado Ed McPherson, que representa Scott, falou ao TMZ que ele está arrasado com a tragédia porque aconteceu em sua cidade natal, e desde então o rapper estaria recluso em sua casa. "O fato de ter acontecido com Houston, que ele ama, e de ter tantas pessoas por perto é particularmente devastador."

Travis cancelou o show que faria neste final de semana em Vegas e uma petição está crescendo online para interromper seu evento principal no Coachella. O advogado diz que se apresentar é a última coisa na mente de Travis no momento e dar apoio às famílias das vítimas.

Nenhum comentário