Últimas

Senador Omar entrega relatório final da CPI da Pandemia a autoridades em São Paulo

Presidente da CPI foi acompanhado dos senadores que compõem o Observatório da Pandemia, que vai acompanhar as investigações das denúncias presentes no documento

O relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia foi entregue ao  Ministério Público de São Paulo pelo presidente da comissão, o senador Omar Aziz (PSD-AM), nesta quarta-feira, 10/11. O documento foi recebido pelos procuradores que integram a força-tarefa que irá investigar as denúncias oficializadas pela CPI, incluindo a  que envolve médicos e a direção da operadora de saúde Prevent Sênior. Mais cedo, o grupo foi recebido pelos juristas Miguel Reale Júnior e a juíza Sylvia Steiner, ex-integrante do Tribunal Penal Internacional.



O senador Omar Aziz entregou o documento acompanhado do relator da CPI, Renan Calheiros (MDB-AL), do vice-presidente, Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e da senadora Simone Tebet (MDB-MS), representante da bancada feminina. Os senadores também fazem parte da Frente Parlamentar Observatório da Pandemia, que vai acompanhar as investigações derivadas do trabalho da comissão.


O presidente da comissão falou sobre a importância de um trabalho correto do Procurador-Geral da República, Augusto Aras em relação às acusações de omissão do Presidente da República, Jair Bolsonaro, na condução da pandemia. 


O senhor Aras pode muito, mas não pode tudo. Ele pode escrever, porque o papel aguenta tudo, agora fatos são fatos. Alguém duvida dos fatos que o presidente criou neste país? Teve a motociata aqui em São Paulo, ele retirou máscara de crianças e propagou medicamento ineficaz em suas redes sociais. Ele é o criminoso mor do Brasil. Se o Aras não entende, ele está no lugar errado, tem que ser advogado do Presidente da República e não Procurador-Geral da República”, afirma o senador Omar.



Além do Procurador-Geral da Justiça, Mário Sarubbo, o relatório final foi recebido pelos procuradores Everton Zanella, Nelson Pereira Junior e Maria Fernanda de Castro Maia. “Agradeço a presença de todos que vieram aqui para trazer subsídios e levar adiante o trabalho na repercussão da CPI da Pandemia, em especial o que refere-se à empresa de saúde Prevent Senior. Fizemos uma reunião muito profícua com representantes da força-tarefa e com esses subsídios a intenção é que a investigação avance”, disse Sarubbo. 


O grupo de senadores também entregou o relatório final à Câmara Municipal de São Paulo e ao Ministério Público do Trabalho, órgãos que também estão com investigações sobre a pandemia em curso.


Fotos: Ariel Costa



Nenhum comentário