Últimas

Cadeirante matou pedreiro em Manaus porque queria dinheiro para beber; Confira

Manaus/AM - A polícia revelou na manhã desta quinta-feira (23), a motivação do homicídio que teve como autor o cadeirante Paulo Henrique Mendes, o “Paulinho”, no bairro Alvorada, no dia 17 de outubro.

Na ocasião, o pedreiro Samuel França foi assassinado com uma facada no peito enquanto bebia com amigos em uma calçada na rua da Prosperidade.

Conforme o delegado Márcio André, Paulo matou Samuel porque a vítima não quis lhe dar dinheiro para comprar bebida e aproveitou que a mesma estava sentada para desferir o golpe fatal.

“A vítima já se encontrava sentada no local na ocasião em que o suspeito chegou pedindo dinheiro para comprar bebida e consumir com os demais que estavam lá. A vítima teria se recusado a dar dinheiro e foi aí que o suspeito teria puxado um punhal que se encontrava debaixo do assento da cadeira de rodas e desferido pelo menos quatro golpes”, explica o delegado.

Um dos golpes atingiu o coração da vítima, que morreu dois dias depois no Hospital 28 de Agosto.

Márcio afirma que Paulo e Samuel já se conheciam e que o atacou por pura raiva. Paulo foi preso esta manhã em casa e não reagiu a prisão, ele deve prestar depoimento na tarde de hoje na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Nenhum comentário