Últimas

‘Confra de firma’ da PF termina em tapas, mata-leão e beijos

Um vídeo, divulgado pelo Metrópoles, mostra uma confraternização entre servidores da Polícia Federal (PF) que termina em confusão generalizada.

O caso aconteceu no dia 3 de dezembro, no Sindicato dos Policiais Federais (Sindipol), no Distrito Federal (DF).

Segundo o Metrópoles, o confronto começou após um dos envolvidos ter sido chamado de “baixinho”.

As imagens gravadas mostram um papiloscopista da PF sendo golpeado e cai no chão. Ele, em seguida, sofre um mata-leão. É nesse momento que uma estagiária tenta interferir, mas outras mulheres, também estagiárias, começam a agredi-la e a primeira desfere novos golpes.

Por fim, a estagiária ‘brigona’ sai aos beijos com um agente de polícia da corporação.

Veja vídeo:



Nenhum comentário