Últimas

Morre aos 95 anos, o poeta amazonense Thiago de Mello


Morreu na manhã desta sexta-feira (14), aos 95 anos, o poeta e tradutor brasileiro Thiago de Mello. Ele faleceu na madrugada de hoje. Ainda não se sabe as causas da morte. A informação foi divulgada por meio do twitter do escritor Sérgio Freire, com a frase “Partiu o poeta Thiago de Mello”, e confirmada nos comentários da publicação.


Vários pessoa prestaram homenagens de despedida ao poeta no Twitter 







Reconhecimento 


Nascido em Barreirinha, em Porantim do Bom Socorro, no dia 30 de março de 1926, recebeu o nome de Amadeu Thiago de Mello. Thiago de Mello conquistou reconhecimento nacional e internacional, tornando-se um dos mais expressivos poetas contemporâneos do país.


É autor de livros reconhecidos mundialmente, como “Faz escuro, mas eu canto”, “Silêncio e palavra”, “Manaus, amor e memória”, entre outros. Além de escritor, exerceu o jornalismo e serviu no Itamaraty como adido cultural no Chile, onde cultivou uma grande amizade com Pablo Neruda e Salvador Allende.


Em homenagem ao poeta amazonense Thiago de Mello, a Prefeitura de Manaus realizou ano passado, em março, a exposição virtual “Thiago de Mello 95 anos de vida, poesia e amor por Manaus”, reunindo acervos pessoais e públicos do poeta, com fotos, entrevistas e vídeos. Já no Museu da Cidade de Manaus, localizado no centro histórico, o poeta possui uma exposição permanente em sua homenagem.

Nenhum comentário