Últimas

Motoboy é ameaçado com facão por cliente em Manaus


Endereço de cadastro do cliente estava errado, e entregador teve de entrar em contato para pegar a localização correta




O motoboy Luciano Mendonça Silva, de 28 anos, procurou a polícia após ter sido ameaçado por um cliente com um facão durante uma entrega no bairro Cidade Nova, em Manaus, nesta terça-feira (8). Assustado, o trabalhador gravou um vídeo do momento em que discutia com o homem.


Nas imagens, o cliente aparece empunhando o facão e é confrontado pelo motoboy.


Motoboy - Quer dizer que o senhor ia me tacar o facão ?


Cliente - Taco, taco o facão mesmo, já taquei o facão em tanta gente aqui. Que abusado. Aí, vai ter outra entrega ainda, entendeu.


Motoboy - Eu espero não pegar essa entrega mais não, porque além de o senhor mandar a localização errada, ainda tem que ficar ouvindo desaforo. 


Cliente - É você ir lá, não sou eu que tem que ficar mandando não, você já tem que saber a localização.


Motoboy - Mas o que está no cadastro está errado.


Silva contou que o caso ocorreu pouco depois de ter iniciado o expediente, ainda entre as primeiras entregas. Ele conta que pegou o pacote por meio das entregas que faz por um app de uma empresa.

"Eu peguei o pacote, me dirigi até o endereço que estava no pacote, com a localização. Chegando lá, eu bati lá na porta, toquei a campainha, apareceu uma senhora. Ela falou que o endereço não era lá e que não conhecia essa pessoa", contou o motoboy.


"Chegando lá, não bateu a localização. Bati a campainha, apareceu um rapaz falando que não era lá, que realmente o endereço que estava era aquele, mas não conhecia ninguém com aquele nome. E eu peguei e entrei em contato de novo com o cliente do pacote. E aí ele já veio alterado, dizendo que tinha passado a localização, que estava tudo certo, que eu estava no local errado", disse o entregador, que conta ter sido xingado pelo cliente.


O motoboy contou que ao chegar no endereço correto, após a terceira tentativa, o cliente saiu de casa nervoso, xingando e com o facão na mão. Silva conta que tentou mostrar ao cliente as localizações que tinham sido enviadas anteriormente, mas ele não quis visualizar.


“Ele não quis olhar, todo o tempo falando que eu estava errado, que eu era burro, que a localização era aquela, e todo o tempo com o facão na mão. E todo o tempo vindo para perto de mim com o facão, e eu claro com medo", disse.


Ao entregar o pacote, Silva conta que o cliente abriu a embalagem com o facão para conferir se estava tudo certo.

Após a entrega, o motoboy conta que foi diretamente ao 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde registrou o boletim de ocorrência.


"Vem acontecendo frequentemente e isso não pode ficar assim impune. A gente como trabalhador tem que ser respeitado da mesma forma que a gente respeita o cliente. A gente tenta agilizar o nosso trabalho e fazer nosso melhor", afirmou Silva. "É muito humilhante e chato", disse.



*Com informações G1

Nenhum comentário