Últimas

Ricardo Nicolau defende mais investimento em tecnologia para escolas estaduais: “A Educação precisa sair do passado


O deputado estadual Ricardo Nicolau (Solidariedade) cobrou do governo do Amazonas mais investimentos em tecnologia para que as escolas da rede estadual de ensino tenham acesso à internet banda larga e a ferramentas inovadoras de ensino. A reivindicação ocorreu nesta terça-feira, 15, dia em que é comemorado o Dia da Escola.


De acordo com Ricardo Nicolau, estudantes de muitas escolas da rede pública não possuem sequer conexão de internet móvel para servir de apoio educacional para pesquisas, por exemplo. “Precisamos fazer com que a educação no Amazonas entre na era digital. Hoje, já existem lousas e conteúdos digitais na internet. Já há tecnologia via satélite que permite à internet chegar em todo lugar. A educação precisa sair do passado e entrar no futuro”, disse.


Para o parlamentar, a escola pública precisa também de mudança de metodologias. “Hoje é o dia da escola e é lá que crianças e jovens começam a caminhar rumo ao futuro. E para preparar essa estrada é preciso investir na educação e em projetos para transformar a escola tradicional em um lugar onde a liberdade, o respeito e a diversidade andem lado a lado”, ressalta.


Ricardo Nicolau afirma, ainda, que a escola precisa ser um ambiente seguro para estudantes, algo que o governo do Estado não consegue garantir. “Os estudantes precisam contar com um local seguro onde alarmes sonoros e câmeras de segurança funcionam. Isso pode ajudar no trabalho disciplinar”, afirma.


Somente no ano passado, pelo menos três unidades da rede estadual de ensino foram alvos de criminosos. Em um dos casos, estudantes e funcionários da Escola Estadual Sólon de Lucena, localizada no bairro Nossa Senhora das Graças, zona centro-sul de Manaus, foram rendidos por assaltantes armados e tiveram seus bens levados. 


Projetos e emendas


Este ano, Ricardo Nicolau destinou em torno de R$ 1,3 milhão para investimentos em modernização dos meios de ensino, com compras de computadores, tablets e lousas digitais, para todos os 62 municípios amazonenses.


Além de aporte financeiro, o parlamentar tem projetos para melhorar a educação no Amazonas como o Projeto de Lei (PL) 621/202, que Institui a Campanha “Escola de Paz e Liberdade” nas unidades de ensino do Estados. O objetivo é promover os direitos humanos, a gestão democrática e participativa do ensino escolar e a cooperação comunitária. 


Outro projeto proíbe a terceirização dos serviços e a gestão da alimentação nas escolas estaduais. Pelo texto do PL 710/2021, a gestão da alimentação escolar, bem como seu manejo, preparo e oferta aos estudantes da rede pública estadual de ensino, não poderá ser realizada por empresas ou entidades privadas, com ou sem fins lucrativos. 


Ricardo Nicolau também defende o PL 651/202, que prevê a inclusão dos temas Algoritmo e Programação nas escolas. “Outro ponto importante é entender que matérias como programação e cultura digital são necessárias na grade escolar, pois elas vão preparar nossas crianças para o futuro. Esse é o perfil que as escolas deveriam ter, afinal, sem educação nossa sociedade não avança. Por isso, eu venho trabalhando, por meio de alguns projetos de leis, para ajudar a educação do Amazonas a se preparar para o futuro”, finaliza. 


Somente no ano de 2021, a Secretaria de Educação consumiu mais de R$ 3,197 bilhões dos cofres públicos para manter funcionando o sistema educacional.


Foto: Marcelo Cadilhe 


Nenhum comentário