Últimas

Jovem foi morta por fazer símbolo do PCC em vídeo no TikTok

A jovem foi sequestrada e morta a tiros; corpo foi encontrado no dia 22 em uma estrada



A Polícia Civil descobriu que a jovem Elen Nascimento Silva, de 21 anos, foi morta a tiros em Brasnorte por ter feito o sinal de “3” em um vídeo na rede social TikTok. Este é o símbolo da organização criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), rival dos executores do crime – o CV (Comando Vermelho).

 

Segundo o delegado Eric Márcio Fantin, que está à frente das investigações, ela já havia se relacionado com membros do Comando Vermelho e era amiga de alguns deles nas redes sociais.


“Ela já tinha feito, há cerca de dois meses, o símbolo e tinha sido avisada. Antes do desaparecimento, ela repetiu o gesto e isso teria sido motivo suficiente para que o Comando Vermelho decretasse a sua morte”, afirmou o delegado.


Pouco depois de postar o vídeo, Elen teria apagado a publicação, mas não a tempo de evitar que os membros do CV o vissem. “Por isso cremos que foi na inocência. Ela apagou minutos depois a postagem”, salientou.

 

As investigações revelaram que a jovem não era membro de nenhuma das duas facções.

 

Ao todo são oito investigados de envolvimento no crime, sendo que quatro deles já foram presos pela Polícia.


Entre os presos está o mandante do crime – autuado em flagrante por organização criminosa. Já os demais, também membros do CV, estão presos preventivamente por tráfico e associação para o tráfico.

 

Os dois executores do homicídio já foram identificados e a Polícia aguarda o Poder Judiciário para dar seguimento à captura.


 crime 



Elen desapareceu na noite de terça-feira (19) e seu corpo foi encontrado na sexta (22) em uma estrada da zona rural do Município.

 

Um homem que estava trabalhando com um trator em um sítio da região a encontrou. Ela tinha 4 perfurações de arma de fogo e tinha as mãos amarradas.

 

A mãe da jovem, em um boletim de ocorrência, relatou que a filha estava prestes a sair de viagem com um amigo. Ela deixou as malas na casa da mãe e sairia no dia seguinte, mas não retornou.

 

O rapaz que viajaria com a Elen, que atua como Dj na cidade, não tem envolvimento com nenhuma das facções.





*Com informações Mídia News

Nenhum comentário