Últimas

Justiça manda soltar homem que fingiu passar mal em bar para não pagar conta de R$ 6 mil

Delegado de plantão havia estipulado fiança de R$ 10 mil para responsável pelo calote, que, segundo a Justiça, não foi necessária



A Justiça mandou soltar o homem que gastou mais de R$ 6 mil em um bar de Goiânia (GO) e fingiu passar mal após receber a comanda com o valor da conta. Ruan Costa foi liberado sem precisar pagar a


O homem, de 28 anos, também havia afirmado ser um ex-jogador de futebol que se aposentou por causa de uma lesão na perna.


Junto a um grupo de mulheres que estavam no bar, convidadas para beber e comer com ele, Ruan consumiu R$ 6.275 em bebidas alcoólicas, frutos do mar, picanha e outros pratos.


Entre os produtos comprados, somente duas garrafas de uísque custaram R$ 1.450.


No estabelecimento, após receber a conta, o homem fingiu desmaiar, e o Samu (Serviço de Atendimento Móvel) foi acionado para ir ao local, constatando ali que ele havia encenado o mal-estar. Em seguida, Ruan foi encaminhado à delegacia e detido.


O delegado de plantão estipulou fiança de R$ 10 mil, que, na avaliação da Justiça, não foi necessária para a liberação.


Nenhum comentário