Últimas

Batalha de Titãs: Wilson Lima cresce e deixa disputa acirrada contra Amazonino Mendes

Pesquisa também mostrou crescimento de Omar Aziz contra Arthur Neto e revela que Lula pode vencer Bolsonaro no segundo turno no Estado do Amazonas




A Perspectiva divulgou nesta terça-feira, 31, a sua segunda pesquisa eleitoral para Presidente, Governador e Senador do Amazonas. Ao todo, foram entrevistadas 3.000 pessoas de Manaus e de mais 25 cidades do interior do estado, entre os dias 18 e 25 de maio. O estudo anterior foi publicado no dia 8 de março. 


Segundo a pesquisa, Wilson Lima (UB) cresceu novamente na disputa ao Governo do Amazonas contra Amazonino Mendes (Cidadania).


Na espontânea realizada no dia 8 de março, Lima e Mendes estavam empatados em 12,3%, no entanto, no dia 31 de maio o atual governador cresceu 0,9% na frente do ex-governador do Estado.





Neste cenário Eduardo Braga (MDB) segue estagnado com uma variação de 6,7% e 6,8%, Ricardo Nicolau (Solidariedade) ficou com 1,7% e 1,2% revelando uma queda do eleitorado. Já os candidatos João Pedro (PT), Henrique Oliveira (PROS), Carol Braz (PDT) e Marcelo Amil (PSOL) estão entre 0,1% e 1,6% de intenções do público.


Senado Federal


Na espontânea para o Senado Federal, Omar Aziz (PSD) tem um crescimento contra o principal adversário, o ex-prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB), que cai na variação de março a maio. Aziz aparece com 6,3% e 6,4%, enquanto Arthur Neto despenca de 7,7% para 5,5%.






Coronel Menezes (PL), Chico Preto (Avante), Marcos Rotta (PP) e Luiz Castro (PDT), que possivelmente são a terceira via para o Senado seguem na variação de 1,4% até 5,4% com crescimento de março a maio.


Presidência


A pesquisa mostra que no Amazonas, o presidente Jair Bolsonaro (PL) venceria Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nos dois cenários para primeiro turno, porém, no segundo turno Lula venceria Bolsonaro com porcentagens de 44,2% (março) e 44,9% (maio).




Nenhum comentário