Últimas

Professor estuprava crianças para vender vídeos na internet

Em João Pessoa (PB), a Delegacia de Crimes Cibernéticos/DECC e o Grupo de Repressão Qualificada/GRQ de Cajazeiras deflagraram uma operação contra um suspeito de praticar pedofilia e pornografia infantil. O homem teria gravado imagens das vítimas e comercializado o material na internet.

O investigado tem 39 anos e é professor de dança. A operação, batizada de “Inocência”, contou com a participação de diversos policiais. Segundo os agentes, roupas femininas, que podem ter sido usadas pelas vítimas, foram encontradas na casa do suspeito.

Nenhum comentário