Últimas

Sindicato quer barrar atuação de Jade Picon na TV: 'Lei deve ser cumprida'



Hugo Gross, presidente do SATED-RJ (Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões do Estado do Rio de Janeiro) disse que a instituição tentará barrar a participação de Jade Picon em "Travessia", próxima novela de Gloria Perez na TV Globo. 


Segundo Lucas Pasin, colunista de Splash, a ex-BBB está confirmada e agradou bastante à autora da trama. 


A Splash, Gross disse que função de um sindicato é proteger o trabalhador. "No caso do SATED, proteger o trabalhador da arte, o circense, o dublador, o técnico, o ator e a atriz". 


O presidente do SATED declarou que "qualquer emissora de televisão tem a noção" de que não se pode contratar alguém sem registro profissional. 


É como querer contratar um advogado sem a carteira da OAB", pontuou. A lei é muito clara. Sem registro, não trabalha. Isso não é uma perseguição do sindicato a nenhum influencer, a nenhuma pessoa, isso não é uma perseguição às empresas que tão dando trabalho, porque nós, da arte, precisamos de trabalho, nós precisamos realmente que fomentem o trabalho. 


Na opinião de Gross, existem artistas com longa carreira que ainda não são respeitados. "Quando chegam nas emissoras, são mal tratados".


Eu não posso dizer por outras gestões, a lei sempre existiu e ela deve ser cumprida. Eu não posso dizer o que os outros presidentes faziam. Eu posso dizer que a minha gestão vai cumprir a lei. A gente vai fazer de tudo, dentro da legalidade, para que uma empresa de radiofusão entenda que tem que contratar profissionais e não pessoas que têm seguidores", declarou.



*UOl

Nenhum comentário