Últimas

Caic+ Especialidades: obras dos bairros do Parque Dez e Colônia Oliveira Machado estão na fase final

Nos dois projetos, investimentos do Governo do Estado ultrapassam R$ 1 milhão



As obras de reforma dos Centros de Atenção Integral à Criança (Caic+) Dr. Afrânio Soares e Josephina Mello, localizados respectivamente nos bairros Parque Dez, na zona centro-sul, e Colônia Oliveira Machado, na zona sul, estão na fase final. Os trabalhos, atualmente, concentram-se na parte de identidade visual e mobiliário e passam de 95% de conclusão.

 

As obras seguem determinação do governador Wilson Lima e visam potencializar os atendimentos de saúde em Manaus, sendo realizadas em uma parceria da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM), Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS) e a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra), com investimentos superiores a R$ 1 milhão.

 

Com o novo formato, os Caics+ irão ampliar o atendimento de crianças e adolescentes, passando de 0 a 14 anos para de 0 a 17 anos. Com essas duas obras, o estado ofertará um total de cinco unidades do tipo tendo em vista que, desde janeiro, foram inaugurados os Caics+ Especialidades Ana Braga, Alberto Carreira e Maria Helena Freitas de Góes, situados, respectivamente, nos bairros São José Operário, Compensa e Novo Israel.

 

O novo formato faz parte do processo de ampliação dos serviços de saúde ofertados pela população, por meio do projeto Caic+ Especialidades. A principal mudança ocorre com a realização de atendimentos médicos especializados. Anteriormente, nessas unidades, a população possuía apenas serviços básicos de saúde.

 

A diretora do Caic+ Josephina Mello, Shyrllen Pinto, destaca que o objetivo também é diversificar o atendimento na perspectiva da média complexidade com a oferta, inclusive, de alguns exames, mas ainda mantendo a oferta de serviços básicos como imunização.

 

“Há um ganho no sentido de que o acesso a outros serviços e a outros atendimentos vai ser possível, a partir das demandas que vão ser postas pelas Unidades Básicas de Saúde, pelos prontos-socorros, nos primeiros atendimentos, que essa população usuária vai fazer nesses locais, e que vão nos demandar de acordo com as especialidades que aqui nós vamos oferecer”, destacou Shyrllen.

 

Acesso

O agendamento de atendimentos no Caic+ Especialidades ocorre via Sistema Nacional de Regulação (Sisreg), seguindo critérios de prioridade e gravidade. O paciente, de 0 a 17 anos, realiza o atendimento em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) e recebe o encaminhamento para os serviços do Caic+. O encaminhamento precisa ser inserido no Sisreg na unidade de saúde que solicitou o atendimento especializado.

 

“Eu vejo com bons olhos, acho que vai ser melhor, a população só tem a ganhar, porque era muito fragmentado [o atendimento]. Eles não sabiam onde procurar, ficavam muito perdidos, agora não. Com o Caic+ Especialidades eles vão ficar mais bem assistidos porque eles já vão saber o que cada Caic vai ter, e já vão poder ser melhor direcionados”, disse a assistente social Antônia Cosmo, que atua na área da saúde há 15 anos e atualmente está lotada no Caic+ Afrânio Soares.

 

É importante que pais e responsáveis das crianças e adolescentes que necessitam dessa assistência mantenham os dados do cadastro atualizados no Sistema Único de Saúde (SUS), para receber informações do status do seu procedimento, consulta ou exame.

 

FOTOS: Bruno Zanardo/Secom

Nenhum comentário