Últimas

“Princesinha do crime” usava beleza para invadir prédios de luxo


Conhecida como “princesinha do crime”, Camile Sales da Silva, de 18 anos, foi indiciada pela polícia de São Paulo depois de invadir e roubar condomínios de luxo na capital paulista.


Segundo investigações, ela integra uma quadrilha com pelo menos mais dois homens e uma mulher. A jovem teria a incumbência de entrar primeiro nos prédios por ter mais facilidade para passar por porteiros e seguranças.


Câmeras de monitoramento chegaram a flagrar Camile em ação. Em um dos assaltos, ela finge estar ao telefone para passar pela guarita. A quadrilha tem acesso a dados de sites que fazem o cadastro de moradores. A partir daí, as vítimas são escolhidas e monitoradas.


A jovem prestou depoimento e confessou os crimes. Ela disse que já teria tentado deixar a quadrilha, mas recebido ameaças. Camile está presa em uma delegacia do bairro do Morumbi e, além de sete inquéritos, pode responder por mais delitos.


Além dela, outros três integrantes foram presos. A polícia acredita que Camile tenha participado de pelo menos 30 crimes. Também é investigada a possível participação de policiais no esquema.

Nenhum comentário