Últimas

Vídeo: Filho do ‘Zé Roberto da Compensa’ é executado por ex-companheiros de facção após decidir abandonar o crime


 



Luciano da Silva Barbosa, conhecido como

“Luciano da Compensa” e “L7”, foi executado nesta quinta-feira (23), por membros do Comando Vermelho, na comunidade Santa Maria – cidade de Anamã.


Imagens divulgadas pelos assassinos mostram ‘L7 decapitado e com várias armas apontadas sobre seu rosto.


Além de “L7”, o padrasto dele Silviney Oliveira Araújo também foi morto a tiros no ataque. No momento do crime estavam os dois mortos e a mãe de “L7” na residência.


Conforme os relato da única sobrevivente, cerca de 20 homens encapuzados e fortemente armados chegaram de lancha no local e arrombaram a residência da família. O ataque foi direcionado a “L7” que foi atingido com vários tiros e teve a cabeça degolada pelos criminosos.





O padrasto dele Silviney tentou correr e pular a janela momento em que foij atingido por disparos e morto. Após a brutal execução, os criminosos ainda fugiram levando a cabeça de “L7” considerada como prêmio para facções rivais à que ele pertencia.


Um Boletim de Ocorrência foi registrado na 81° Delegacia Interativa de Polícia (DIP) que irá investigar o caso.




Entenda


Segundo informações do Portal você, ‘L7’ teve a cabeça degolada e levada pelos bandidos que não aceitavam a falta de um posicionamento do filho de José Roberto Fernandes Barbosa, o Zé Roberto da Compensa, narcotraficante líder de um grupo criminoso no Amazonas e que cumpre pena em um presídio federal – sobre se filiar ao RDA 

(REVOLUCIONÁRIOS DO AMAZONAS) ou ao CV (CARTEL DO NOrte/ Comando Vermelho) e antiga Família do Norte (FDN).


Por ser filho de um dos maiores narcotraficante líder da antiga Família do Norte (FDN), que agora se chama Cartel do Norte (CDN), pelas regras da facção criminosa, ‘L7’ deveria assumir o lugar do pai, no entanto, e ainda na cadeia, chegou a gravar um vídeo em dizia querer deixar o mundo do crime para buscar a Deus e sua família. O recado foi dado para uma pessoa chamada por ele de “Chico Velho”. 



A possibilidade dele se filiar ao RDA (REVOLUCIONÁRIOS DO AMAZONAS e de também não assumir sua função junto aos traficantes do ‘pai’, irritaram os ‘ colegas’ . A informação é de que o padrasto de Luciano também foi executado pelos traficantes do CV.


“Eu estou abrindo mão de tudo, quero mais não, para mim chega. Se não minha vida só vai ser essa aqui, cadeia ou morto. É de coração, espero que ele me entenda eu fiz o que pude.



Não dá não se não vou acabar que nem meu pai. Eu não tive nem a oportunidade de ver meu filho, não estou nem há um ano na rua e já fui perseguido de novo.


Chico Velho, tu é meu irmão mas para mim já deu. Quero que você tenha uma boa sorte aí que eu vou buscar a Deus e a minha família que está sofrendo muito. Assim como eu, eu não estou bem”, afirmou Luciano.




Nenhum comentário