Últimas

De olho na eleição, governo Bolsonaro aumenta gastos de publicidade com a Globo

Apesar das constantes críticas a TV Globo, o governo de Jair Bolsonaro (PL) aumentou em 75% os gastos em publicidade na emissora em 2022, ano em que o presidente tenta a reeleição. Os dados são da Secretaria de Comunicação e foram divulgados pelo portal Uol.

Entre 1º de janeiro de 21 de julho de 2021, o governo de Bolsonaro pagou R$ 6,5 milhões para a Globo divulgar publicidades ligadas ao Planalto – tanto em âmbito nacional quanto regional. No mesmo período de 2022, o valor subiu para R$ 11,4 milhões.

Segundo o levantamento realizado pelo Uol, o foco da publicidade do governo são as campanhas institucionais, que mostram os feitos da gestão de Jair Bolsonaro. Esse seriam um meio de tentar alavancar a popularidade do presidente da República.

Bolsonaro nunca escondeu a preferência pessoal por outras emissoras, que são mais receptivas a ele, como SBT e Record, enquanto fazia críticas a Globo. No entanto, com a eleição em vista, a maior emissora do país já recebeu mais do que outras redes que são favoráveis a Bolsonaro.

Em 2022, somando os gastos com as cinco maiores emissoras de TV aberta do país, Globo, SBT, Rede TV, Record e Bandeirantes, o governo já gastou mais de R$ 33 milhões em publicidade. O valor é o maior desde 2019.

Segundo dados divulgados pelo Uol, no primeiro ano do governo de Jair Bolsonaro, foram R$ 30,4 milhões em publicidade no mesmo período, de 1º de janeiro de 21 de julho. Em 2020, R$ 11,8 milhões e, em 2021, 29,5 milhões.

Fonte Yahoo Noticias

Nenhum comentário