Últimas

Homem mantém esposa e filhos em cárcere por 17 anos; comida era jogada fora

Luiz Antonio Santos Silva foi preso, nesta quinta-feira (28), suspeito de manter a mulher e os 2 filhos em cárcere privado por 17 anos, na rua Leonel Rocha, em Guaratiba, no Rio de Janeiro. Segundo a Polícia Militar, as vítimas sofriam violência física e psicológica, além de ficar até três dias sem comer.


A esposa de Luiz contou que era impedida de trabalhar e os dois filhos, de 19 e 22 anos, não frequentavam a escola. As vítimas estavam amarradas, sujas e subnutridas, e precisaram receber atendimento médico.

Vizinhos contaram à polícia que Luiz, que também era conhecido como DJ, colocava o som alto para abafar os gritos de socorro da família. Sabendo da situação de vulnerabilidade da família, a vizinhança sempre doava comida, mas ele jogava fora para que a mulher e filhos passassem fome.


A Polícia prendeu Luiz após receber denúncia anônima. O suspeito responderá por sequestro ou cárcere privado; vias de fato; maus-tratos e tortura.

Nenhum comentário