Últimas

Homem que não consegue parar de soltar pum há 5 anos processa feira

O homem decidiu entrar na Justiça e pedir o equivalente a R$ 1,3 milhão de indenização ao estabelecimento




Desde que colocou os pés na feira de Natal de Birmingham, Reino Unido, em 2017, bons ventos não sopraram para o inglês Tyrone Prades, 46 anos. Na ocasião, o homem decidiu comer um sanduíche com presunto em uma das barracas do local. Pouco tempo depois, começou a sofrer com cólicas, febre, vômito e diarreia.


Segundo a defesa de Tyrone, o sanduíche comprado por ele estava contaminado com salmonella. Depois de o homem consultar o médico e ser medicado, os principais sintomas passaram após cerca de cinco semanas. No entanto, um persistiu: a incontinência de gases. Tyrone simplesmente não consegue segurar os puns, o que tem gerado vários problemas e constrangimentos na vida dele.


Por essa razão, o homem decidiu entrar na Justiça e pedir o equivalente a R$ 1,3 milhão de indenização à feira de Natal pelos danos morais que tem sofrido. “A duração desse sintoma fez a vida dele virar de cabeça para baixo. Ele sofre com excessiva flatulência, o que causa um grande constrangimento”, disse Robert Parkin, que defende Tyrone no processo.


O advogado de defesa da feira, Philip Davy, diz que exames feitos no presunto não encontraram presença de salmonella, mas que a faca usada para partir o alimento estava contaminada com e.coli. A bactéria pode causar, principalmente, diarreia. O caso ainda será julgado pela Justiça do Reino Unido. As informações são do The Sun.

Nenhum comentário