Últimas

Manaus registra 15 mortes violentas em três dias, aponta PC-AM



De acordo com o Ciops, 10 homicídios foram por arma de fogo, três casos por arma branca, um encontro de cadáver e uma asfixia por enforcamento. Das 15 pessoas mortas, apenas uma era mulher



Uma onda de mortes violentas tem sido registrada em Manaus durante os três primeiros dias desta semana. No total, foram 15 casos, entre a segunda (4) e a quarta-feira (6), de acordo com o Relatório do Centro Integrado de Operações (Ciops), divulgado pela Polícia Civil do Amazonas (PC-AM).


Entre os casos que tiveram repercussão estão a morte de uma venezuelana de 27 anos. Ela foi atacada a facadas dentro da própria casa, no bairro Mauazinho. E o assassinato de um jovem de 21 anos que levou tiros à queima-roupa dentro de uma choperia, no bairro Alvorada.


Tipificação das mortes



  • 10 por arma de fogo
  • 3 por arma branca
  • 1 encontro de cadáver
  • 1 caso por asfixia por enforcamento.



Locais dos crimes


  • 5 na Zona Norte
  • 4 na Zona Leste
  • 2 na Zona Oeste.
  • 1 Zonas Sul
  • 1 Centro-Sul
  • 1 Centro-Oeste
  • 1 caso não teve endereço especificado pelo Ciops.



Manaus tem alta em Nº de mortes violentas, aponta anuário


Segundo os dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, a capital amazonense teve alta 48,9% no número de mortes violentas, entre 2020 e 2021, e está entre as seis capitais que apresentaram alta no número de mortes violentas, que incluem homicídios, latrocínios, lesões corporais seguidas de morte e mortes cometidas pela polícia.



*Com informações G1

Nenhum comentário