Últimas

Motorista é preso com sinais de embriaguez após atropelar crianças e homem em Manaus

De acordo com testemunhas, o motorista tentou fugir sem prestar socorro, ameaçou moradores com uma arma e chegou a efetuar um disparo para cima.




Um homem de 23 anos foi preso em flagrante, em Manaus, após atropelar duas crianças e um outro homem, de 41 anos. O acidente aconteceu na tarde de domingo (24), no bairro Cidade de Deus, Zona Norte. Segundo a Polícia Civil, o motorista apresentava "visíveis sinais de embriaguez alcoólica".


As vítimas do acidente foram levadas para prontos-socorros de Manaus. Não há informações sobre o estado de saúde delas.


O acidente ocorreu por volta das 17h de domingo, na Rua Omar Aziz. Imagens de câmeras de segurança mostram que algumas crianças brincavam de soltar pipa na rua, quando o veículo passou, levando duas delas.


Uma das vítimas, de nove anos, foi arremessada para o outro lado da pista. Mais à frente, o condutor também atropelou um homem que estava próximo à pista.


De acordo com testemunhas, o motorista tentou fugir sem prestar socorro e ameaçou moradores com uma arma. Revoltada, a população cercou o carro do condutor. Segundo os moradores, ele deu tiro para cima e conseguir escapar

 do bloqueio.


No entanto, logo em seguida, o homem foi capturado pela polícia e levado para o 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foi preso em flagrante.


Duas vítimas - a criança de nove anos e o homem - foram socorridos por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O menino foi encaminhado para o Hospital da Criança da Zona Leste, o Joãozinho, e o homem para o Hospital João Lúcio.


Conforme a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), o motorista que atropelou as vítimas responderá pelo crime de lesão corporal culposa na direção de veículo automotor qualificado em razão de embriaguez e deve passar por audiência de custódia nesta segunda-feira (25).

Ainda de acordo com a PC, as vítimas seguem internadas e devem ser ouvidas pela polícia.


Um Inquérito Policial (IP) foi instaurado e será encaminhado ao 13º DIP, unidade policial da área onde os atropelamentos foram registrados. O inquérito dará andamento à apuração do caso.






*Com informações G1 AM

Nenhum comentário