Últimas

Mulher perde parte do nariz após cirurgia estética: “É assustador”

Paciente fez mais de 10 novas operações para tentar reverter a situação. Ela entrou na justiça contra o profissional, que nega




A esteticista Elielma Carvalho Braga, de 37 anos, mudou sua vida radicalmente depois que fez um procedimento estético para diminuir o tamanho do nariz. Ela teve uma necrose no lugar da cirurgia e perdeu parte do nariz.


“Hoje todo mundo praticamente não usa máscara, mas eu preciso usar. Deus me livre a pessoa ficar olhando e perguntando, porque é assustador. Quando me olho no espelho é assustador. Não é fácil”, contou Elielma ao Metrópoles.


A cirurgia estética que Elielma passou foi a alectomia, um procedimento que reduz as chamadas “asas nasais”, deixando o nariz menos largo. A cirurgia foi feita pelo dentista Igor Leonardo Nascimento em julho de 2020, em Aparecida de Goiânia, região metropolitana da capital de Goiás.


Dor e trauma


Logo após a cirurgia, parecia que estava tudo bem. Elielma foi para casa se recuperar e tomou alguns medicamentos para dor e um antibiótico. No entanto, cerca de uma semana depois, ela começou a passar mal e sentir fortes dores.


A mulher procurou um hospital e passou a ser acompanhada por um médico cirurgião. Isso porque houve a necrose do tecido do nariz dela. Elielma perdeu parte do nariz e ficou com essa parte do rosto bastante deformada.


Justiça


Em novembro de 2020, a esteticista entrou na Justiça pedindo uma indenização por dano moral, já que teve “sequela estética grave, em razão da imperícia do profissional odontologista e especialista em estética”, segundo o advogado de Elielma.


O caso tramita na 3ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) em Aparecida de Goiânia.


No processo, o dentista Igor Leonardo negou que houve imperícia ou imprudência. A defesa do profissional alegou que a paciente não teria seguido recomendações de higienização no pós-cirúrgico, o que teria provocado a necrose.




*Com informações Metropoles 

Nenhum comentário