Últimas

PM, mulher e dois suspeitos morrem durante operação no Complexo do Alemão



Um PM, uma mulher e dois suspeitos morreram durante uma operação das polícias Militar e Civil no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro, no início da manhã desta quinta-feira (21). Outros dois policiais também foram baleados na ação.


O agente morto foi identificado como Bruno de Paula, de 38 anos. A corporação afirmou que ele foi ferido quando a base da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) Nova Brasília foi atacada por criminosos em retaliação à ação Policial. Ele foi socorrido para um hospital da região, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.


A PM lamentou a morte do cabo, que estava na corporação desde 2014. Ele deixou esposa e dois filhos. Ainda não há informações sobre horário e local do sepultamento


Testemunhas afirmaram que, durante a operação, uma mulher foi baleada no peito e morreu. Identificada como Letícia Marinho Salles, de 50 anos, ela era moradora do Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste.


Um familiar disse que ele e Letícia estavam parados em um semáforo na estrada, quando ela foi atingida por PMs que tentavam atirar contra outro veículo,q que se encontrava ao lado.


Um dos dois policiais baleados foi atingido nos pés e passa bem, de acordo com o porta-voz da PM, Ivan Blaz.


A ação, coordenada pelo Bope (Batalhão de Operações Especiais) e pela Core (Coordenadoria de Recursos Especiais), tinha o objetivo de reprimir uma organização criminosa que orquestrava roubos a bancos e roubos de carga em Niterói e também na Baixada e em Quatis, no sul Fluminense.




*Com informações R7

Nenhum comentário