Últimas

Sexo na gravidez é saudável para mãe e bebê? Saiba se é possível


Muitas grávidas ficam na dúvida se é possível fazer sexo durante a gestação. Segundo os médicos, se a gravidez não for de risco, o sexo está liberado do primeiro ao último trimestre. Transar, além de ser ótimo para a autoestima, controla a ansiedade, melhora o humor, aumenta a produção de anticorpos, libera endorfina e fortalece não só a imunidade, como a musculatura da vagina.

Ainda de acordo com médicos, durante a gestação, transar pode ser ainda mais prazeroso. É que nesse período, aumentam-se os níveis de estrogênio e progesterona, como a lubrificação vaginal e o fluxo sanguíneo da região pélvica, o que predispõe excitações com maior frequência e orgasmos mais intensos.

Por falar em orgasmos, saiba que eles liberam ocitocina, um hormônio que desempenha papéis importantes na gestação, principalmente após o terceiro trimestre. É que além de reduzir a pressão arterial —que tende a aumentar nessa fase e se não controlada pode desencadear pré-eclâmpsia—, a substância induz contrações uterinas para o trabalho de parto.

Mas calma! Quando a gravidez está no início, essas contrações e mesmo o endurecimento uterino que elas podem desencadear momentaneamente são insuficientes para provocar o parto, sendo mais notáveis apenas quando o útero está dilatado e ao final da gestação.

Nenhum comentário