Últimas

Suspeito de matar mulher e filho de três meses é preso

Os corpos de Jéssica Mayara Ballock, de 23 anos, e do filho dos dois, Théo Pereira, foram encontrados na última segunda





O homem suspeito de matar a mulher e o filho em Blumenau, Santa Catarina, na segunda-feira (25), foi preso na noite de terça (2) em Paulínia, município de São Paulo.


O suspeito foi identificado como Kelber Henrique Pereira. Na segunda, a Polícia Civil de Santa Catarina foi chamada até a casa do casal e os agentes encontraram os corpos de Jéssica Mayara Ballock, de 23 anos, e do filho dela, Théo Pereira, de três meses.


Apontado como principal suspeito, o homem teve a prisão preventiva decretada já no dia em que os corpos foram encontrados. O filho mais velho do casal, de 1 ano e 10 meses, foi localizado com os avós paternos em Minas Gerais.


Kelber estava em Paulínia, no interior de São Paulo. A prisão ocorreu durante a noite, divulgou o delegado responsável pelo caso, Ronnie Esteves. Ele teria sido localizado pela Polícia Militar enquanto dirigia por uma estrada na área rural do município. 


Conforme informações da EPTV Campinas, aos policiais militares Kelber teria contado que foi para São Paulo com o objetivo de se internar em uma clínica de reabilitação para dependentes químicos indicada por um amigo. 



De acordo com o sargento da PM Rodrigo Chagas, o foragido deixou Santa Catarina e foi para Minas Gerais, onde teria deixado o filho com a família. De lá, seguiu para  Bragança Paulista e trocou de carro, viajando sozinho até Paulínia. 

No ato da prisão, teria assumido a autoria dos assassinatos:


— Confessou que cometeu duplo homicídio. Só se recorda que [no dia do crime] fez ingestão de drogas e bebida alcoólica, não se recorda qual objeto utilizou para cometer esse crime. Disse somente que amava muito a esposa e a criança — disse o sargento Chagas em entrevista à afiliada da Rede Globo de Campinas.


A Polícia Civil investiga se alguém ajudou o homem a fugir e trocar de carro em Bragança Paulista. Depois do interrogatório, Kelber foi levado a Campinas para passar por audiência de custódia. A previsão é que ele seja transferido para Blumenau ainda nesta quarta-feira (27) para responder pelo crime.


O crime


Jéssica e Theo foram encontrados com um ferimento na garganta dentro de um quarto na manhã de segunda-feira (25). A jovem morava no apartamento com o marido e os dois filhos, de três meses e quase dois anos. O menino mais velho sumiu com o pai depois do crime.




*Com informações NSC TOTAL



Nenhum comentário