Últimas

Suspeitos mataram professor em motel de Manaus para roubar R$ 250, diz PC

Segundo a polícia, a vítima conheceu os suspeitos em um bar e foram para o motel onde o crime aconteceu.



Um jovem, de 18 anos, foi preso e um adolescente, de 16 anos, apreendido por suspeita de envolvimento na morte do professor Mário Nunes de Moraes, de 40 anos. Segundo a polícia, eles cometeram o crime para roubar R$ 250 da vítima. O corpo da vítima foi encontrado dentro de um motel no dia 21 de julho.


Segundo a delegada adjunta da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Deborah Barreiros, o professor conheceu os suspeitos na noite do dia 20 de julho, em um bar naquela localidade, após assistirem uma partida de futebol.


Na sequência, eles procuraram outro lugar para beber e foram para o motel, no bairro Coroado, Zona Leste de Manaus.

Segundo a delegada, após um tempo no local, a vítima saiu com o adolescente e o homem para ir até um posto de combustível nas proximidades para sacar dinheiro em um caixa eletrônico.


“No momento em que a vítima entra no banheiro, o homem e o adolescente combinam de pegar o dinheiro dele, cerca de R$ 250. A partir do momento em que o professor sai do banheiro, ambos iniciam as agressões a ele com golpes de mata-leão que o fizeram ficar desacordado. Entretanto, quando eles começam a colher os pertences, a vítima acorda e eles iniciam luta corporal que resulta em sua morte”, detalhou Deborah.


Ainda segundo a delegada, ambos alegam que a quantia em dinheiro seria R$ 250, porém, os indivíduos também levaram o aparelho celular do professor, bem como os cartões e outros pequenos pertences que estavam em seu carro.

A delegada informou que, ao decorrer do Inquérito Policial (IP), o laudo da perícia deve constatar se houve consumo de outras substâncias além do álcool.


Diligências


Logo após o crime, as equipes de plantão estiveram no local e verificaram a dinâmica do ocorrido. Na sequência, obtiveram as imagens de câmeras de segurança de uma conveniência, que mostra o professor e adolescente efetuando o saque do dinheiro, enquanto Maurício os aguardava no carro.


“Chegamos à identidade deles e foi solicitado o mandado de prisão temporária em nome do homem, que foi expedido na quinta-feira (28), pela juíza Careen Aguiar Fernandes, da Central de Inquéritos Policiais, e prontamente a ordem judicial foi cumprida”, contou a autoridade policial.


Procedimentos


O homem responderá pelo crime de latrocínio. Ele será encaminhado para audiência de custódia na Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição da Justiça.


O adolescente, que já possui passagem por ato infracional análogo a tráfico de drogas e roubo, agora deverá responder pelo latrocínio. Ele foi levado à Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai), e encaminhado para cumprir medida socioeducativa de internação provisória.

Nenhum comentário