Últimas

Varíola dos macacos é identificada em crianças pela primeira vez

Dois casos foram registrados nos EUA. Especialistas ressaltam que doença pode ser contraída por todas as pessoas



Pela primeira vez, duas crianças foram diagnosticadas com varíola dos macacos. De acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), os dois casos não estão relacionados e, provavelmente, o vírus foi transmitido por familiares. 


O comunicado foi feito na sexta-feira (22), um dia antes de a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarar a doença como emergência de saúde mundial.


Segundo as autoridades de saúde norte-americanas, as ocorrências emitem alerta para todos, pois, embora a varíola dos macacos seja uma infecção sexualmente transmissível, o vírus pode ser transmitido para qualquer pessoa que tenha tido contato muito próximo com pacientes infectados.


Uma das crianças diagnosticadas mora no estado da Califórnia, e a outra é um bebê cuja família não mora nos Estados Unidos e que estava viajando para o estado de Washington.


O comunicado do CDC detalhou que as crianças passam bem e estão sendo tratadas com o antiviral tecovirimat, ou TPOXX, como é conhecido. O medicamento é recomendado pela agência de saúde para crianças menores de 8 anos.




*Com informações Metropoles 

Nenhum comentário