Últimas

Justiça anula assembleia do Garantido que definiu nova diretoria

Os associados inadimplentes foram impedidos de participar da assembleia no sábado (30), ferindo o estatuto da associação




A Justiça do Amazonas decidiu anular a 

assembleia do Garantido que havia definido uma nova diretoria para o boi. A decisão ocorreu em meio à acusação de irregularidades na gestão do atual presidente, Antônio Andrade.


De acordo com o denunciante, os associados inadimplentes foram impedidos de participar da assembleia no sábado (30), ferindo o estatuto da associação. Em razão da decisão, o Garantido marcou uma nova assembleia para o dia 12 de agosto.


A juíza plantonista da 1ª Vara da Comarca de Parintins, Juliana Arrais Mousinho, entendeu que o boi precisa permitir que os associados possam se regularizar antes de realizar uma nova assembleia.

Nenhum comentário