Aconteceu!

Instituto da Mulher Dona Lindu recebe ‘Kits Dignidade’ de Fundo da ONU


O Instituto da Mulher Dona Lindu (IMDL) recebeu, nesta quinta-feira (23/07), cem kits contendo artigos de higiene pessoal e íntima, conhecidos como ‘Kits Dignidade’, do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA). Os kits serão destinados a mulheres imigrantes, migrantes, refugiadas, em situação de vulnerabilidade, puérperas e sobreviventes de violência de gênero atendidas pela unidade da Secretaria de Estado de Saúde (Susam). 

Com a filha internada na unidade de terapia intensiva neonatal (UTIN) do IMDL, após nascer de 26 semanas, no último dia sete, Stefanny Soares foi uma das mulheres contempladas com o kit. “Como eu morava em Autazes e o meu esposo estava desempregado, e eu também estou, então, a situação está bem complicada. Já é uma grande ajuda”, afirmou. 

A agricultora Adriana Sanches, de Amaturá, está com o filho internado na unidade de saúde, aguardando os últimos exames para a alta hospitalar. Segundo ela, o kit vai auxiliar com itens essenciais depois da transferência do interior para a capital.  

O diretor do IMDL, Mauro Miralha, agradeceu a escolha da unidade para o recebimento dos ‘Kits Dignidade’. “Nós fomos escolhidos pela UNFPA por sermos uma instituição que trabalha com humanização, principalmente, protegendo sempre as mulheres no nosso Amazonas”, ressaltou.  

A psicóloga do Núcleo de Projetos Estratégicos em Saúde, Katherine Benevides, destacou que a entrega dos kits é resultado de uma parceria entre a Susam e a UNFPA. “Essa primeira doação foi escolhido o IMDL até porque nós teremos alguns movimentos em relação a isso e nós teremos, em outro momento, uma nova doação pelo UFPA”, disse.  

UNFPA - De acordo com a Associada de Projetos da UNFPA, Débora Rodrigues, o fundo atua no contexto da crise migratória venezuelana tanto em Roraima quanto no Amazonas. “O objetivo da entrega desses kits é a promoção da saúde sexual e reprodutiva das mulheres porque é um kit que contém itens básicos de higiene para a promoção de saúde da mulher”, explicou. 

Fotos: Geyziara Brandão/ Susam 

Nenhum comentário